Associação Social, Cultural e Recreativa de Entre Vales - Guimarães

11
Jan 12

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
muda-se o ser, muda-se a confiança;
todo o Mundo é composto de mudança,
tomando sempre novas qualidades.

 

Luis Vaz de Camões

 

 

 

 

 

 

Será que se os tempos mudarem as vontades também se Mudam? Vou procurar contrariar um pouco esta afirmação do poeta, para acreditar que no caso ASCREV, pese embora o facto dos onze anos decorridos, após a sua criação e, naquilo que pude observar na Tomada de Posse da nova Direção, a vontade de levar bem longe os objetivos inicialmente traçados, mantém-se firme e coesa – logo a meu ver, a vontade não mudou!

Concordo plenamente, e espero veementemente que no caso da nossa Associação, ao mudar o ser (os novos órgãos sociais) mude radicalmente, o pensamento, o modo de atuar e evidentemente a confiança.

 

 

É por isso que o mundo é composto por mudanças, mais ou menos radicais, mas necessárias. Por este facto, a ASCREV mudou, não a sua essência, mas sim o seu modo de pensar, para atingir novas etapas, alcançar alguns objetivos e inovar outros de cariz social, cultural ou recreativo, como é seu apanágio.

 

Para isso, manteve alguns elementos, por serem considerados mais-valias, mas apostando fundamentalmente em novos seres e, como é de esperar, nas suas novas potencialidades e qualidades.

 

Boa sorte, à nova equipa da ASCREV.

 

Direção

 

Presidente - Ana Ferreira

Vice-Presidente - Ana Sousa

Secretária - Teresa Ferreira

Tesoureira - Filipa Mendes

Vogal - João Alves

 

Conselho Fiscal

 

Presidente - Ana Reis

Secretária - Cecília Faria

Relatora - Ana Pinheiro

 

Assembleia Geral

 

Presidente - José Novais

Primeira Secretária - Natália Ribeiro

Segundo Secretário - Rui Ferreira

 

Novais

 

publicado por ascrev às 19:13

"Hoje levantei cedo pensando no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia noite. É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje. Posso reclamar porque está chovendo ou agradecer às águas por lavarem a poluição. Posso ficar triste por não ter dinheiro ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício. Posso reclamar sobre minha saúde ou dar graças por estar vivo. Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria ou posso ser grato por ter nascido. Posso reclamar por ter que ir trabalhar ou agradecer por ter trabalho. Posso sentir tédio com o trabalho doméstico ou agradecer a Deus. Posso lamentar decepções com amigos ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades. Se as coisas não saíram como planeei posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar. O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser. E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma. Tudo depende só de mim."


Charles Chaplin


É este o espírito desta nova equipa de trabalho...


Um bem haja a todos os que trabalharam até aqui e fizeram o que lhes era possível e

Um bem haja a todos os que vão dar um pouco de cada um em prol da comunidade...



Ana Sousa
Ana Sousa a 11 de Janeiro de 2012 às 23:30

Está na hora de arregaçar as mangas e fazer a diferença neste mundo tão cinzento!!! Não basta criticar, não basta dizer o que está mal, é preciso sim, que cada um de nós contribua com o pouco que sobra e o que sabe fazer de melhor!!!
Estou feliz por fazer parte desta equipa!!!
Anónimo a 12 de Janeiro de 2012 às 12:43

O comentário anterior é meu!!!
Teresa Ferreira
Anónimo a 12 de Janeiro de 2012 às 12:45

Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
16
17
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


arquivos
2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

pesquisar